terça-feira, junho 19, 2007

Poesia Contemporânea

O Churchil não tinha canudo
O John Major também não.
O Jerónimo de Sousa é metalúrgico
O Zé Socas é aldrabão.

Se queres fazer uma casa
Um arquitecto deves procurar
Se queres construir um palheiro
Com o Socas podes tratar

Queixava-se o povo do Santana
Achava-o maluco e incompetente
Agora apanhamos o Socas
Que "tirou o curso" na Independente

Anda um gajo a queimar as pestanas
Anos a fio no ensino estatal
O Zé Socas que é um gajo ocupado
Fez tudo numa manhã dominical...

Pato (Zé Socas soa bem!... :P)

2 comentários:

Tony disse...

Pato, tu és grande!
respeitosos cumprimentos e algumas medidas tb... eh eh

Tony disse...

Pato, tu és grande!
respeitosos cumprimentos e algumas medidas tb... eh eh